Bariloche | Onde comer

No inverno com o friozinho nada melhor do que apreciar uma saborosa comida acompanhado de um bom vinho🍷, e no meio da tarde tomar aquele café ou chocolate bem quentinho ☕. 

Em junho de 2017 eu e o Dani estivemos em Bariloche e experimentamos algumas das diversas opções gastronômicas. Então selecionei para mostrar à vocês as que mais gostamos.

A cidade é pequena, apenas 120 mil habitantes, mas, devido a alta demanda de turistas principalmente no inverno, há numerosas opções de restaurantes e cafés.

Restaurante na Hospedagem:

Nos hospedamos no Hotel Alma del Lago  que conta com o Restaurante Terra e o Mítico Bistrô que são abertos ao público na parte da noite. 

Admito que ter essa comodidade no hotel dá uma certa preguicinha de ir até outros restaurantes, até porque muitas vezes chegamos cansados dos passeios.

Tivemos sorte que as duas opções que tinham em nossa hospedagem eram muito boas.

Restaurante Terra:

Nele servem o buffet do café da manhã com a vista sensacional do sol nascendo. Já durante a noite dispõe de cozinha mediterrânea (adoramos essa culinária), que é aberto ao público.

O atendimento é ótimo e os funcionários são bem simpáticos. 

Mítico Bistrô:

Ele é ideal para quem quer comer uns petiscos, saladas e sanduíches. Tem grande variedades em coquetéis e uma vista linda do lago e montanhas. Dispõe de um ambiente aconchegante com sofás, poltronas e lareira. O custo é mais moderado que o Restaurante Terra.

Mais Restaurantes:

Stag:

Fica localizado dentro do Hotel Charming, é aberto ao público a noite, tem vista panorâmica do Lago Nahuel Huapi e das montanhas dos Andes.

As comidas são muito bem elaboradas e com sabores únicos da culinária Mediterrânea e Patagônica.

O ambiente é lindo, todo rústico e o cardápio é digital, o que possibilita olhar as fotos dos pratos.

Fonte: http://stag-bariloche.com/

Las Morillas:

Restaurante com decoração rústica, ambiente bem romântico, ideal para um jantar à dois. Fica em direção oposta do centro, um pouco longinho, mas vale a pena.

Dani experimentou carne de Cervo, que é muito comum por lá, mas não gostou muito, achou ela dura e com o sabor muito marcante.

Já o atendimento é muito bom, e o legal é que eles dão de cortesia uma entradinha de batata chips doce e um drinkzinho.

El nacional Restaurante de Fuegos:

A casa é especializada em corte de carnes e em lanches,  mas como estávamos empanturrados de tanto comer durante a viagem, optamos por uma salada e uma carne mais leve. Tudo estava muito saboroso, desde a entrada até o prato principal que por sinal é muitooo bem servido.

O cardápio tem bastante variedade de comidas (só ver o tamanho do cardápio na foto), a carta de vinhos bem completa e tem várias opções de chopps.

Possuí uma decoração bem moderna e descontraída, tem um espaço para deixar as crianças brincando e um bar muito estiloso no centro do restaurante. Ele abre só a noite, a partir das 20:00.

Cafés:

Existe muitas opções incríveis por lá, e uma pausa para descanso com cafés e chocolates não podem ficar de fora.

Mamuschka:

Tenho certeza que os amantes de chocolate irão adorar. Tem tantas opções de chocolate que faz com que você queira provar de tudo🍫.Além do ambiente separado para tomar um café, tem muitos mimos para levar para os amigos e parentes fãs de chocolate (para quem é diabético e tem intolerância à lactose tem também).

Fábrica Havanna:

O Havanna fica bem em frente ao Hotel que nos hospedamos, é poucos minutos a pé do centro.

Tem um ambiente bem aconchegante com lanches d-i-v-i-n-o-s. Nele também tem aquelas famosas caixinhas com alfajores para levar de lembrancinha.

 

Então é isso galera, uma ótima viagem e bom apetite para vocês!!❤

 

 

Você talvez gostaria de

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *